noticia1

Design urbano e seu impacto na obesidade

Bairros com melhores condições para caminhada apresentam estabilização das taxas de obesidade e redução da incidência de diabetes. É o que aponta um estudo publicado recentemente no JAMA, realizado por pesquisadores ligados ao St. Michael´s Hospital, em Toronto, Canadá.

Foram avaliadas as seguintes condições:

* Densidade populacional
* Densidade de construções residenciais
* Número de locais que se pudesse ir a pé
* Conectividade entre as ruas

O estudo aponta para a direção de que o design urbano pode promover o transporte ativo, a caminhada e o uso de bicicleta, com impactos significativos na saúde das pessoas, embora os pesquisadores afirmem que são necessários estudos mais aprofundados. No Brasil, e em muitos outros países, teria também que se considerar o fator segurança dentre as condições que propiciam o incentivo à caminhada e ao transporte ativo.
Fonte: ABESO